25/06/2013

Anime Cult


 Olá pessoas bonitas, leitores e leitoras do Ficcionalmente Real! (: Como o prometido, o post de hoje será sobre o Anime Cult.
 Bom, o Anime Cult é um evento sobre jogos e animes onde há desfile e concurso de cosplay, concurso de k-pop, stands de vendas, torneio de  PS3 e XBOX. Sua última edição foi no domingo, 23, na Tijuca. Este foi o primeiro evento de anime que eu fui e apesar de não conhecer muito este universo gostei bastante! O evento foi apresentado pela Mariana Belmont e contou com a presença dos vlogueiros Bruno Correa do canal PlatinaGuilherme Damiani e Pit , do The Game Station Brasil. O TGS é um canal do youtube sobre jogos,  e os meninos estavam lá justamente para esclarecer dúvidas e curiosidades sobre como tudo começou, como eles se conheceram, se eles se sustentam com a TGS, de onde surgem as ideias para os roteiros e etc. 

 Todos trabalhavam em áreas totalmente diferentes antes de se conhecerem e criarem o vlog. O Damiani cursava a faculdade de Jogos Digitais, mas trancou no 2º período pois percebeu que não tinha habilidade para programação, nem para desenho. Um dia, saindo de uma entrevista de emprego da qual havia sido aprovado, se deu conta de que não queria aquilo pra ele e abriu mão de um bom emprego e ótimo salário para arriscar algo que realmente lhe desse prazer. O Bruno, trabalhava em uma companhia aérea e abriu mão da estabilidade financeira para também correr atrás do seu sonho. Já o Pit cursa a faculdade de Cinema e está prestes a se formar. 
 Após o tal choque de realidade depois da entrevista de emprego, o Gui resolveu criar um vlog no qual pudesse abordar assuntos divertidos, falar sobre jogos e fazer as pessoas rirem. Foi aí que conheceu o Pit e o Bruno. Eles tiveram outros vlogs - como a 4P (Four Play) - antes de criarem a TGS. Eles alcançaram independência financeira apenas com o canal? Mais ou menos. Primeiramente, sim!, o trabalho deles é apenas a TGS e eles se sustentam com isso, no entanto eles não são ricos nem nada do tipo. Eles são CONTRATADOS de uma empresa do Youtube para gravar esses vídeos. Ou seja, é um trabalho de verdade, não uma brincadeirinha entre amigos. Trabalham juntos com o Felipe Neto, inclusive. Segundo, o trabalho deles não é apenas ir à empresa uma vez na semana, gravar o vídeo, editar e ir embora. Eles vão ao escritório todos os dias (Damiani, por exemplo, fica por lá das 09:00 às 19:00) para pensar e formular o roteiro, gravar e editar o vídeo. Lembrando que são 3 vídeos por semana!
 A mensagem que o Gui fez questão de repetir várias vezes foi a de NUNCA se acomodar com alguma coisa que não te faz feliz apenas pelo retorno financeiro que ela te oferece. Se ele tivesse se acomodado, hoje estaria dentro de um escritório, trabalhando com o que não o faz feliz.
 Apesar de já ser bem reconhecido no mundo vlogueiro pelo seu trabalho ele não quer parar por aí. Deseja poder pagar sua faculdade, se aprimorar cada vez mais e se tornar um grande apresentador.

Dicas para ter um vlog (ou qualquer outro canal na internet) de sucesso:

1- Fale sobre assuntos os quais possui conhecimento e te interessam. 

2- Invista, sempre que puder, no aperfeiçoamento. Com equipamentos novos, seja uma luz, uma câmera de melhor qualidade, um cenário novo, ou qualquer coisa que dê um ar mais profissional.

3- Procure melhorar (sempre!) através do feedback do público, mas não mude totalmente a essência do seu trabalho apenas porque não recebe nenhum retorno. No início é sempre assim! E não esqueça que sempre vão existir pessoas que vão gostar das mesmas coisas que vocês e que vão se identidificar com seu trabalho. (guardei essa dica pra vi-da!)

4- Não revide ao hackers.

5- Saiba divulgar! É muito chato chegar no chat do facebook e pedir pra todos os seus amigos que acessem e/ou divulguem seu link. Crie uma estratégia de divulgação sem se tornar alvo de rejeição.


video
Desculpas pela péssima imagem e áudio. Fiz o vídeo com a câmera do celular apenas para mostrar um pouquinho pra vocês o clima divertido da entrevista, e como os meninos são super alto astrais. Espero que dê pra entender alguma coisa.

Eu e minha amiga estamos bem ali na frente, do lado do menino de blusa branca (: Essa é uma das fotos oficiais do evento. Para ver mais, clique aqui.

Botton da Legião Urbana (se eu não comprasse não seria eu!) que comprei em um dos stands.

 Espero que tenham gostado! Não gravei o evento inteiro, então tentei por aqui tudo o que eu lembrava da entrevista. Caso tenham mais alguma pergunta ou queiram corrigir alguma informação, deixe nos comentários ^.^


0 comentários:

Postar um comentário

 

criado e codificado para o blog ficcionalmente real
cópia proibida © 2015