27/09/2013

Era uma vez...

daqui

 Hoje acordei com os olhos inchados. Fui dormir aos prantos e a culpa é toda de um filme que eu assisti na TV. Não conseguia arrancar a cena final da cabeça e isso fazia com que eu chorasse cada vez mais. Acho que minhas lágrimas eram, além de triteza, de indignação por não terem compreendido a história de amor a ser escrita por aquele casal. E pior que isso, por não terem ao menos tentado compreender. Para falar a verdade, quase nunca tentam... Não seria diferente nessas condições.
 Parece que os obstáculos existentes entre o morro e o asfalto foram motivos suficientes para deduzirem que naquela história não houvesse amor. Estavam errados! Estes mesmos obstáculos eram invisíveis para os protagonistas desse romance.
 O amor tem esse poder. De apagar as diferenças e converterem as dificuldades para o tamanho de uma formiga, deixando a sensação de que elas não existem, ou melhor, que o amor é o gigante que pode derrotá-las
 É lamentável ver - infelizmente, não só na ficção - a falta de cuidado com o outro, a falta de cuidado com o amor. Amor que nasceu no asfalto, subiu o morro, se fundiu com as luzes do Vidigal e no fim... Virou mais uma vítima da sociedade intolerante e julgadora em que vivemos.
 Mataram uma história de amor. Mataram dois corações apaixonados. Mataram o sorriso bobo, o olhar sincero, a simplicidade, a felicidade. Mataram planos e sonhos. Eles achavam que um oferecia perigo ao outro e não notaram que, na verdade, o perigo eram eles.
 Acho que isso é justificativa suficiente para minhas lágrimas de ontem à noite. E a história que se entitulava "Era uma vez..." não terminou com "e foram felizes para sempre.".




15 comentários:

  1. Respostas
    1. "Era uma vez" Iari! ;) É um filme nacional, com Thiago Martins e Vitória Frate.

      Excluir
  2. Acho que já assisti ao filme, muito lindo, fiquei um bom tempo pensando mesmo...
    Gostei muito de sua forma de escrever, flor, estou seguindo o bloguinho e queria te convidar para conhecer o meu também, ficaria muito feliz com sua visitinha por lá.
    Beijos,
    Scar.
    http://wonderlandmundodoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, ele te deixa refletindo por um bom tempo...
      Obrigaaaaada! ♥
      Também estou seguindo o blog de vocês. Adorei a ideia do pseudônimo! ;)

      Beijos! ;-*

      Excluir
  3. Isadora, alguns filmes nos marcam tanto que não tem como não chorar! Mas o triste é que como você mencionou na vida real as lágrimas também acontecem muito, porque infelizmente os finais nem sempre são felizes!

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, tava navegando por entre os blogs e achei o seu! Parabéns pelo trabalho, já estou seguindo!
    Quanto à sua reflexão acho que quase todo mundo se identificará, até o mais bruto de todo o mundo, porque isso é comum a todos nós, infelizmente. Culpa daquele que desapontou quem o amava pela primeira vez pois isso desencadeou uma série de atrocidades com o coração!
    Quanto ao filme, muito bom, já assisti!
    Um abraço!
    Um guarda-livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado do blog, Rodolfo! *-*
      Verdade...

      Beijos!

      Excluir
  5. Uma vez minha mãe comentou sobre esse filme comigo e pelo pouquinho que eu sei sobre ele, acho q vc resumiu bem tudo aquilo que aconteceu,de um diferente e até mesmo tocante. Fiquei com vontade de assistir o filme... Até mais! ;)

    http://maiavox.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! (: Assite sim, Mari!
      Volte sempre!

      Beeeeijos! :3

      Excluir
  6. Olá, passei apenas pra dizer que já estou te seguindo e voltarei aqui futuramente pra fazer comentários sobre os posts.
    Seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    Beijinhos

    Quem seguir no insta, sigo de volta http://instagram.com/theworldofmari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigaaaada! Fico muito feliz que tenha gostado do blog *-* Vou visitar o seu sim! ;)
      Beeeeijos!

      Excluir
  7. Filme maravilhoso, já assisti várias vezes e sempre me emociono é uma historia triste e impactante! Adoro demais, amei seu blog! :D
    http://alinedengo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, Aline! (:
      Muito obrigada! <3 Vou visitar o seu!

      Beijos!

      Excluir

 

criado e codificado para o blog ficcionalmente real
cópia proibida © 2015