21/10/2014

[Resenha]: Da boca pra dentro

foto: Stefani Araújo
Autoria: Yohana Sanfer 
Gênero: Prosa/ Crônicas. 
Ano: 2013
Editora Vermelho Marinho. 
ISBN: 978-85-8265-013-4





"Viver tem de vir de dentro. Da boca pra dentro. De tudo que vier do coração." (p. 98)
Conheci o trabalho da Yohana Sanfer na Semana do Livro Nacional, há alguns meses, aqui no Rio. Na ocasião ela leu algumas de suas crônicas, publicadas em seu livro de estreia: Da boca pra dentro, e eu fiquei encantada com sua forma de escrever.
"Soube que te amava, não quando te quis pra toda vida, mas quando te queria em todos os meus finais de dia. Pra te ouvir mesmo cansada, pra te esperar acordada, pra ter e receber o colo que só a gente sabia se dar." (p. 78)
No metrô, enquanto voltávamos pra casa, a Carol do blog A Colecionadora de Histórias, me contou que a Yohana fazia parceria com blogs literários, e me propôs solicitar uma. Na mesma semana entrei em contato com ela, que super topou a parceria. Algumas semanas depois, recebi aqui em casa um kit fofo de brindes: livretos, marcadores, ímãs de geladeira e, é claro, o livro (em formato virtual).
"(...) sou do time dos que tentam, dos que se levantam dos tombos, limpam os joelhos e seguem, ainda que enxugando algumas lágrimas incovenientes." (p. 144)
Ah, pra quem não sabe, a Yohana é dona de uma livraria virtual, a Sanfer Livros, como dá pra ver aí nas fotos. Quem quiser saber mais informações sobre essa nova estante virtual é só clicar aqui.
Comecei a ler o livro no mesmo dia e, a cada página, eu me apaixonava mais. A autora aborda de forma poética e singela temas variados. Desabafa, conta histórias reais, fala da sua infância, fala de amor, da falta dele e do conforto de tê-lo por perto, e, com o seu enorme vocabulário (que foi o que mais me chamou atenção) ela cumpre tudo isso sem cair na mesmice.
"Para tanto, a importância que cada um faz e dá a nossa vida, ditará quem permanece. E pra isso, não há disfarces, não há desculpas, não há emoções genéricas que substituam o sentimento. Também não há receitas. Pra amizade verdadeira só há uma recomendação: depois de cativar, cultiva." (p. 85)
O que mais gostei ao ler este livro foi a rápida identificação que senti. Me identifiquei com váaaarios trechos, e, outras vezes, com textos inteiros. Sabe quando lemos alguma frase e na mesma hora sentimos vontade de tatuá-la? Então! Aconteceu isso com o Da Boca pra Dentro, só que quase com o livro inteiro hahaha. 
"Dois mundos, agora um só. Não porque se bastam, mas porque perfeitamente se encaixam." (p. 91) 
A Yohana conseguiu, de forma bonita, doce, talentosa e esbanjando personalidade, traduzir, não o que esbravejamos da boca pra fora sem pensa, mas sim, tudo aquilo que existe da boca pra dentro e, muitas vezes, digerimos sozinhos. Ela conseguiu descrever corações. 
"O que é bonito e verdadeiro só precisa de um lugar secreto e seguro pra existir pra sempre." (p. 155)
Encontre a autora nas redes sociais: Facebook | Fanpage | Blog
E mais: 
Instagram: @yosanfer , @dabocapradentro e @sanferlivros
Twitter: @yohanasanfer , @livroyosanfer e @sanferlivros
E-mail: yosanfer@yahoo.com.br

"Aos meus leais amigosdedico linhas, sorrisos, abraços, afeto e dias."

facebook | twitter | instagram

4 comentários:

  1. Eu to super curiosa pra ler esse livro
    http://toobege.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei da sua resenha, mostra exatamente como o livro é. Também tenho parceria com a autora e além de ser super simpática, ela consegue colocar pra fora o que está no coração. O livro é lindo, um amor e um dos meus favoritos. Parabéns pela resenha.

    http://pag394.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Carolina! Obrigada.
      Beeeijos!

      Excluir

 

criado e codificado para o blog ficcionalmente real
cópia proibida © 2015